26 de fevereiro de 2015

Música Caranguejo não é Peixe e atividade de Coordenação motora

Olá Amores !
Cheguei com mais uma atividade super divertida unindo a musicoterapia e atividade de coordenação motora pra vocês.
Você professor irá adorar ,e você pai,mãe,tio ,vó e vô que queiram experimentar com suas crianças,venham se divertir.



Inscreva no canal ,e acompanhe nossos trabalhos.
Beijos
Shirley Araujo

24 de fevereiro de 2015

Pavê Sonho de Salva para a Páscoa

Olá pessoal, provavelmente vocês  não me conhecem, sou Thais, do blog Thais Gonçalves e a pedido da minha amiga Shirley Araújo, fiz um post sobre sobremesa para a páscoa, o pavê sonho de Valsa.

Espero que gostem!!
Fiquem a vontade para visitarem meu blog e conferir as novidades. 


Blog: Thais Gonçalves www.thaisgoncalves2.com

Ingredientes
  • 1 litro de leite
  • 1 xícara (chá) de chocolate em pó
  • 1 lata de leite condensado
  • 4 colheres (sopa) de amido de milho
  • 4 gemas
  • 1 colher (sopa) de essência de baunilha
  • 1 lata de creme de leite
  • 2 caixinhas de chantilly Amélia
  • 1 pacote de 1 kg de bombons Sonho de Valsa
Modo de preparo
1.     Leve ao fogo os 5 primeiros ingredientes, sem parar de mexer, até egrossar
2.     Tire do fogo e adicione o creme de leite e a essência de baunilha, misture até que fique homogêneo
3.     Deixe esfriar
4.     Após esfriar, bata o chantilly conforme as instruções da embalagem
5.     Em um refratário ou em taças individuais, faça uma camada de creme 
6.     Depois faça uma camada de bombons cortados ao meio, com o recheio virado para fora, para dar um visual mais bonito à receita
7.     Se usar um refrátorio grande coloque bombons cortados ao meio sobre toda a camada do creme
8.     Por cima dos bombons coloque outra camada de creme
9.     Por fim faça uma camada de chantilly
10. Se quiser enfeite com bombons, chocolate ralado ou até mesmo morangos

Foi um prazer fazer esse post, espero que adoce mais a tua Páscoa!
Um grande Beijoo!!
Thais Gonçalves 


Essa tar de internet

Oi amores,tudo bem?
Cá estou eu com uma música que se baseia muito no que vivenciamos hoje.
Com o surgimento da tecnologia,os valores de família mudaram muito e totalmente.
A família atual não é nem de perto parecida com a família antiga.
Havia uma coisa gostosa e de valor inestimável que se chamava RESPEITO,
conversas no café,bom dia, Minha benção pai, minha benção mãe;benção vó
todos os valores perdidos no tempo ainda são raros de se encontrar por aí (mas existem).
Essa música me levou ao passado,aos valores de uma época feliz,uma relíquea de ouro.
Como boa amante da música sertaneja e de raiz, apreciei e muito essa letra,um modão
que nos faz refletir em quem realmente somos,de onde viemos, e para onde estamos indo.
Ao acordar,tento exigir do meu filho,"... A benção filho...",e ele,bem ele tenta se expressar ou melhor dizendo (se encaixar) nos valores remotos de um passado não distante,sorri para mim e me pede: _Bença Mãe...afagando os seus cabelos eu lhe respondo: Deus te abençoe meu filho!
e o mesmo faço até hoje com meus pais,avós e tios.
Vivenciar a tecnologia todos os dias,e ao mesmo tempo resgatar valores perdidos ou esquecidos é um desafio a ser vencido!




Visite o meu canal,se inscreva ,clique em Gostei e compartilhe VALORES!

21 de fevereiro de 2015

Poesia A corujinha de Vinicius de Morais com atividade relacionada



Olá amores! Vamos trabalhar Poesias de uma forma contagiante. Prepare para a sua aula uma coruja de plush,ou E.v.a, de brinquedo,e porque não (se conseguir uma coruja de verdade).
Elabore atividades relacionadas a Poesia e ao recitar com os alunos em roda, mostre a coruja que você levou para sala.
Se for de brinquedo,retire-a de dentro de uma caixa surpresa ou baú de novidades.
Entregue para a turma a atividade oficial da Poesia. e depois atividades relacionadas a ela,que podem variar desde coordenação motora,ou Artes Visuais,pintura,colagem de aparas de lápis em suas asas,e também papel,fica a seu critério e imaginação.
Se sua escola tiver algum livro sobre Coruja, conte histórias e registre.
Boa Aula.
Abaixo e de minha autoria a atividade Oficial da Poesia. e uma atividade relacionada.



Brincadeira do Balanço no Maternal



Atividade realizada com dois professores, ou duas pessoas adultas em casa (caso queira brincar com seus filhos).
Para realizar essa brincadeira você irá precisar de uma rede,colcha,ou colchonete resistente que tenha segurança para a criança. Cante a música do Barqueiro...coloque uma criança de cada vez. E dê muitas risadas.
Siga o Blog http://byshirleyaraujo.blogspot.com.br/

CALENDÁRIO 2015 SUPER FOFO CORUJAS

Oi pessoas lindas (apaixonados por Corujices)
aqui estou eu para mostrar pra vocês o calendário de corujas ,
para você se organizar,planejar e ter sempre em mãos,na agenda,ou na telinha essa ferramenta super fofa e atraente.
Pra quem começou o Ano de 2015 com aquela energia toda,desejo que seu ano seja abençoado.
E para nós professores,muito sucesso com objetivos e metas alcançados.












fonte: imagens www.ensinaraprender.com.br

18 de fevereiro de 2015

Como fazer uma PETECA de E.V.A


PETECA:
JOGO INDÍGENA BRASILEIRO E MINEIRO

Peteca é o nome dado a um artefato esportivo, utilizado no jogo também chamado "Peteca", de origem indígena-brasileira. A palavra Peteca vem do tupi e significa golpe. Registros históricos indicam que a peteca era utilizada pelos nativos brasileiros como forma de recreação muito antes dos colonizadores portugueses chegarem. Paralelamente aos rituais e festas indígenas o jogo da peteca era praticado, tendo como centro as tribos localizadas no estado brasileiro de Minas Gerais,isso mesmo,meu estado querido Minas Gerais.
Através de gerações a tradição de jogar peteca foi se perpetuando, tornando-se enfim o esporte que é hoje.

A Peteca é constituída de uma base que concentra a maior parte de seu peso, geralmente feito de borracha (mas pode ser outro material), e uma extensão mais leve, geralmente feita de penas naturais ou sintéticas, com o objetivo de dar equilíbrio ou orientar sua trajetória no ar quando arremessada. A Peteca era muito utilizada pelos índios como atividade esportiva para ganho de aquecimento corporal durante o inverno.
Vamos agora ver um passo a passo para confecção desse brinquedo tão divertido utilizando E.V.A.
(imagens retiradas da internet).











17 de fevereiro de 2015

Planejamento para Maternal

PLANO DE ENSINO MATERNAL
 “Plano de ensino”
   I – Introdução:
Planejar algo requer muita organização, disciplina e principalmente intencionalidade dos objetivos a serem alcançados.
Pensar hoje em educação infantil implica, sobretudo, assumir uma postura de compromisso com a formação da criança, sendo preciso considerar todos os aspectos que compõem sua formação, desde os cuidados de higiene e saúde, sua segurança no ambiente escolar, seu desenvolvimento físico, emocional e cognitivo.
Preocupados com esta discussão, o presente plano busca direcionar situações de aprendizagem que contribua efetivamente para o desenvolvimento das crianças com os quais iremos trabalhar este ano. Tentaremos abordar todos os aspectos dentro do que dispomos de maneira a privilegiar o lúdico, a fantasia, o faz-de-conta tão necessário para esta faixa etária, além do afeto e o respeito ao ritmo e individualidade de cada um.
 II – ÁREAS DO CONHECIMENTO: 
Formação Pessoal e Social
2.1 – Identidade e Autonomia
 OBJETIVOS:
• Estimular a criança favorecendo sua independência através de ações;
• Valorizar o que a criança faz e fala, favorecendo sua auto-estima;
• Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo;
• Desenvolver a capacidade de relacionar-se com crianças da mesma idade.
 • Interessar-se pelo cuidado do próprio corpo, executando ações relacionadas à saúde e higiene;
 • Expressar desejos, sentimentos, vontades e desagrado, agindo com progressiva autonomia. 

CONTEÚDOS: AUTO ESTIMA:
 • Valorização do que a criança fala e faz. ESCOLHA:
 • Escolha de brinquedos, objetos e espaços para brincar.
 FAZ-DE-CONTA:
 • Situações para que as crianças imitem ações que representem diferentes pessoas, personagens ou animais; • Interesse pelas brincadeiras e pela exploração de diferentes brinquedos; • Participação de brincadeiras de “esconder-achar” e em brincadeiras de imitação.
 INTERAÇÃO:
• Desenvolvimento da capacidade de relacionar com crianças da mesma idade;
• Respeito às diferenças: estimulo e troca entre as crianças;
• Realização de pequenas ações cotidianas, para que adquira maior independência;
• Respeito às regras simples de convívio social.
 IMAGEM:
• Reconhecimento progressivo do próprio corpo através do auxilio do espelho, das diferentes sensações e ritmos que produz.
 CUIDADO:
• Intervenção e incentivo das necessidades de higiene, educação e descanso;
• Interesse em experimentar novos alimentos e comer sem ajuda;
• Expressão e manifestação de desconforto relativo à presença de urina e fezes nas fraldas, interessando-se em desprender-se das mesmas e utilizar o vaso sanitário.
 SEGURANÇA:
 • Identificação de situação de risco no seu ambiente mais próximo;
• Orientação sobre o uso de utensílios e objetos de forma segura.
 Conhecimento de Mundo
2.2 – Linguagem Oral e Escrita
 OBJETIVOS:
 • Desenvolver a oralidade;
• Interagir com outras pessoas e expressar desejos, necessidades e sentimentos por meio da linguagem oral; • Interessar-se pela leitura de histórias;
• Familiarizar-se aos poucos com a escrita em situações em que ela se faz necessária e por meio do contato com ao mais variados suportes de textos.
 CONTEÚDOS: ORALIDADE, LEITURA E ESCRITA:
 • Ampliação do vocabulário;
• Leitura em voz alta, feita pelo professor em momentos organizados ou espontâneos utilizando diferentes tipos de textos;
• Observação e manuseio de materiais impressos;
 • Interação e participação constantes na escuta de músicas e histórias;
• Confecção de cartazes e painéis.
 Conhecimento de Mundo 2.3 – Matemática
 OBJETIVOS:
• Estabelecer noções básicas do uso da matemática no cotidiano;
 • Explorar a contagem oral.
 CONTEÚDOS: NÚMEROS E SISTEMA DE NUMERAÇÃO:
 • Exploração e montagem de figuras;
• Seqüências numéricas oral, envolvendo contagens e números relativos a cantigas e rimas infantis;
• Organização de espaços, objetos e brinquedos que contenham números enriquecendo o faz-de-conta. GRANDEZAS E MEDIDAS:
 • Observação do tempo: dia e noite, agora, depois.
 ESPAÇO E FORMA: • Identificação de formas geométricas básicas (círculo, quadrado, retângulo e triângulo);
 • Observação de diferenças e semelhanças entre figuras e pessoas.
 Conhecimento de Mundo 2.4 – Artes visuais/ Música Música
 OBJETIVO: • Ouvir, perceber e discriminar e imitar fontes sonoras.
 Artes Visuais • Ampliar o conhecimento de mundo, manipulando diferentes objetos e materiais;
 • Entrar em contato com diversas formas de expressões artísticas.
 CONTEÚDO: FAZER ARTÍSTICO:
 • Exploração e manipulação de materiais diversos;
 • Exploração e conhecimento de diferentes movimentos gestuais visando à produção de marcas gráficas;
 • Cuidado com os materiais, com os trabalhos e objetos produzidos individualmente ou em grupo.
 FAZER MUSICAL:
• Participação em brincadeiras, jogos cantados e rítmicos.
 APRECIAÇÃO MUSICAL:
• Participação em situações que integrem músicas, canções e movimentos corporais;
• Escuta de obras musicais variadas.
 Conhecimento de Mundo 2.5 – Movimento
 OBJETIVOS:
 • Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo;
• Deslocar-se com destreza no espaço aperfeiçoando as capacidades motoras;
• Explorar e utilizar os movimentos de preensão, encaixe e lançamentos de objetos diversos;
 • Expressar-se através de gestos e ritmos em situações de interação.
 CONTEÚDOS: EXPRESSIVIDADE
 • Reconhecimento progressivo dos segmentos do corpo por meio de brincadeiras, uso do espelho e da interação com outras crianças e adultos;
• Experiências significativas em relação à sensibilidade corporal com materiais diversos.
 EQUILÍBRIO E COORDENAÇÃO
• Valorização de jogos motores e brincadeiras;
• Organização de ambientes com materiais que propiciem as descobertas e exploração do movimento;
• Desenvolvimento progressivo das capacidades motoras.
 Conhecimento de Mundo
 2.6 – Natureza e Sociedade
 OBJETIVOS:
• Estabelecer algumas relações com o meio ambiente;
• Perceber a importância de cuidados relativos à saúde.
 CONTEÚDOS: A CRIANÇA, A NATUREZA E A SOCIEDADE:
• Participação em atividades que envolvam histórias, brincadeiras, jogos e canções que digam respeito às tradições da comunidade. OS LUGARES E SUAS PAISAGENS
• Acompanhamento e desenvolvimento da paisagem local;
• Valorização de atitudes de manutenção e preservação de espaços coletivos e do meio ambiente.
 SERES VIVOS
 • Percepção do desenvolvimento gradativo do próprio corpo e suas características;
 • Percepção da importância dos cuidados relativos à saúde;
• Contato com pequenos animais e plantas.

 III – Avaliação A avaliação estará ocorrendo em todos os momentos, ela nos auxiliará a pensar em caminhos que facilitem a aprendizagem de cada criança, dentro de suas possibilidades, reconhecendo suas características peculiares. Uma proposta de avaliação deve levar em conta os interesses e possibilidades de exploração do mundo por parte das crianças, respeitando sua identidade sócio-cultural e proporcionando-lhes um ambiente interativo e rico em materiais e situações a serem vivenciadas.

16 de fevereiro de 2015

PÁSCOA...UMA DATA COMEMORATIVA DELICIOSA.

PÁSCOA
Qual é o significado da Páscoa? Os historiadores contam que a celebração da Páscoa era feita desde a antiguidade, principalmente pelos povos europeus, mas com o objetivo de comemorar a entrada da primavera, que representava e ainda representa uma estação que traz vida e a possibilidade de plantio e colheita de alimento. Com o passar dos anos passou a ter significações religiosas, com interpretações diferentes dependendo da religião. Para os cristãos, a Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu, até sua ressurreição, quando seu espírito e seu corpo foram reunificados. Para os judeus, a Páscoa, também chamada de Pessach, ou Passover recorda a travessia dos judeus do Egito até a Terra Prometida - marcada pela conhecida travessia do Mar Vermelho - comemorando o êxodo dos israelitas do Egito durante o reinado do faraó Ramsés II, da escravidão para a liberdade. Como vimos, tanto a Páscoa cristã como a Páscoa judaica são rituais de passagem: - Páscoa Cristã - lembra a jornada de Jesus da morte à vida. - Páscoa Judaica - travessia pelo Mar Vermelho, da escravidão à liberdade. Além de toda a significação religiosa a Páscoa e uma comemoração alegre para as crianças, pois é repleta de símbolos, ovos coloridos e muitas brincadeiras divertidas. Entre os símbolos que marcam a comemoração da Páscoa, temos: O coelho da Páscoa representa a abundância de vida, pelo fato da prole deste animal ter um grande número de filhotes. Isto se relaciona com o cristianismo pela perspectiva da Vida Nova anunciada por Jesus em sua ressurreição, além de lembrar a fecundidade da palavra de Deus entre os povos. Este símbolo foi trazido para as Américas pelos imigrantes alemães em meados do século XVIII. Era tradição em vários países contar às crianças que o coelho visitava as casas e escondiam os ovinhos para que elas os procurassem, tradição esta que ocorre até os nossos dias e é bem divertida! O ovo de Páscoa simboliza o começo da vida, por isso eram oferecidos aos familiares e amigos nesta época. Antigamente não existiam ovos de chocolate, então usava-se ovos cozidos e depois decorados. Essa tradição continua em muitos países até hoje, mas... Depois de 1830, quando surgiram as primeiras fábricas de chocolate na Inglaterra, essa tradição ganhou outro sabor e os ovos passaram a ser de chocolate. Sem dúvida é uma delícia!!! A colomba pascal tem o formato da "pomba da paz" que significa a vinda do Espírito Santo. Conta a lenda que este símbolo surgiu na vila de Pavia, na Itália, onde um confeiteiro teria evitado a invasão da vila oferecendo este agrado ao rei, mantendo assim a paz no local. O mais antigo símbolo da Páscoa é o cordeiro. De acordo com o Antigo Testamento, a Páscoa era celebrada com os pães ázimos (sem fermento) e com o sacrifício de um cordeiro como recordação da libertação da escravidão do Egito. Assim o povo de Israel celebrava a libertação e a aliança de Deus com seu povo. Já no Novo Testamento, Cristo é o Cordeiro de Deus sacrificado uma vez por todas em prol da salvação de toda a humanidade. Círio pascal é uma vela acesa que significa o renascimento e a luz que ilumina nossos caminhos. Em muitos locais é comum o círio pascal ser transportado de um local à outro nas procissões. Já o girassol é a forma de mostrar que a humanidade deve seguir a luz de Deus, assim como essa flor acompanha a luz do sol onde quer que o sol esteja. O símbolo da despedida de Jesus entre os apóstolos antes de ser crucificado é o pão e o vinho. Eles marcam também o anuncio de uma nova vida que começaria em breve. Na mesa o almoço de Páscoa, nada mais adequado que colocar trigo e uva, que representam o pão e o vinho da Santa Missa. Os sinos da Páscoa cantam a alegria da ressurreição e soando junto com os cânticos de aleluia para anunciar novos tempos e alma nova para o povo. Já as brincadeiras de Páscoa são muito divertidas... Além da tradicional brincadeira de procurar os ovos escondidos pelo coelhinho, é bem divertido também colocar vários ovinhos bem pequenos em cestas e organizar as crianças em equipes Quem contar mais rapidamente é o vencedor e leva o prêmio. Já brincou de corrida do ovo? É bem divertida: no pátio da escola ou no quintal de casa, as crianças deverão levar ovos cozidos em uma colher de um lado a outro sem deixar que eles caiam. Parece fácil, mas não é não! Como prêmio, quem chegar primeiro sem derruba o ovo poderá ganhar um ovo de Páscoa. Outra brincadeira bem divertida é coelhinho sai da toca: as crianças são divididas em grupos de três e formam um grande círculo. De cada três, dois ficam um na frente do outro, dão as mãos e erguem os braços. O terceiro fica no meio, embaixo dos braços unidos dos amigos, fazendo o papel de um coelho dentro da toca. No centro do círculo ficará uma única criança, que será um coelho solitário. Uma pessoa do grupo é escolhida para gritar: “Coelhinho, sai da toca!". Nessa hora, todos os coelhinhos saem de suas tocas e aquele que estava no círculo também. E todos procuram uma nova toca. Quem ficar sem toca vai para o centro e a brincadeira continua. Para brincar de corrida de coelhos é preciso ter muito fôlego, veja só: dividir as crianças em duas ou mais equipes. Marcar com o giz a linha de saída/chegada e com os cones o ponto de retorno. As equipes deverão permanecer em colunas atrás da linha. Ao sinal, a primeira criança de cada equipe, deverá sair saltando como um coelhinho até o cone, contorná-lo e retornar até a linha, onde a próxima criança iniciará o processo, até a última. Vence a equipe que terminar primeiro. Para brincar de rabo do coelho você vai precisar de uma cartolina com o desenho de um coelho, de costas, com um pompom feito de lã ou outro material, fita crepe e venda para os olhos. O coelho deve ser fixado na parede e os participantes, com olhos vendados deverão encaixar o rabo do coelho no lugar certo. Curiosidades: O Domingo de Ramos marca o início da Semana Santa. A data recebeu este nome em referência ao trecho bíblico que narra a visita de Jesus Cristo à Jerusalém poucos dias antes de sua crucificação. Ao saber que Cristo estava próximo da cidade, a população cortou ramos de árvores, ramagens e folhas de palmeiras para recebê-lo. Ele entrou no lugar no dia seguinte, montado em um jumento, e foi recebido com o abanar de folhagens. (fonte: Guia dos Curiosos) Algumas imagens retiradas da net,lembracinhas e atividades para comemorar a Páscoa.
AGORA UM VÍDEO GRAVADO POR MIM COM UM PASSO A PASSO PARA CONFECCIONAR O SEU COELHO FOFO;MOLDES E RISCOS ABAIXO:
Link do Vídeo aqui
https://www.youtube.com/watch?v=doe3NKks1I8

DIA INTERNACIONAL DA MULHER 8 DE MARÇO DE 2015

Ao longo da história, as mulheres estiveram sempre subjugadas às vontades dos homens, a trabalhar como serviçais, sem receber nada pelo seu trabalho ou então ganhavam um salário injusto, que não dava para sustentar sua família. Em razão desses e tantos outros modos de discriminação, as mulheres se uniram para buscar maior respeito aos seus direitos, ao seu trabalho e à sua vida. A discriminação era tão grande e séria que chegou ao ponto de operárias de uma fábrica têxtil serem queimadas vivas, presas à fábrica em que trabalhavam (em Nova Iorque) após uma manifestação onde reivindicavam melhores condições de trabalho, diminuição da carga horária de 16 para 10 horas diárias, salários iguais aos dos homens – que chegavam a ganhar três vezes mais no exercício da mesma função. Porém, em 08 de março de 1910, aconteceu na Dinamarca uma conferência internacional feminina, onde assuntos de interesse das mulheres foram discutidos, além de decidirem que a data seria uma homenagem àquelas mortas carbonizadas. No governo do presidente Getúlio Vargas as coisas no Brasil tomaram outro rumo. Com a reforma da constituição, acontecida em 1932, as mulheres brasileiras ganharam os mesmos direitos trabalhistas que os homens, conquistaram o direito ao voto e a cargos políticos do executivo e do legislativo.Ainda em nosso país, há poucos anos, foi aprovada a Lei Maria da Penha, como resultado da grande luta pelos direitos da mulher, garantindo bons tratos dentro de casa, para que não sejam mais espancadas por seus companheiros ou que sirvam como escravas sexuais deles. Mas a mulher não desiste de lutar pelo seu crescimento, o dia 08 de março não é apenas marcado como uma data comemorativa, mas um dia para se firmarem discussões que visem à diminuição do preconceito, onde são discutidos assuntos que tratam da importância do papel da mulher diante da sociedade, trazendo sua importância para uma vida mais justa em todo o mundo.