16 de agosto de 2012

LIVRO:CRIANDO FILHOS EMOCIONALMENTE SAUDÁVEIS


Sinopse - CRIANDO FILHOS EMOCIONALMENTE SAUDÁVEIS - Pode não ser fácil, mas é possível - H.NORMAN WRIGHT & GARY OLIVERVocê sabe como ajudar, de modo positivo, seu filho a passar por problemas emocionais? Os especialistas concordam com que 
o desenvolvimento emocional da criança afeta sua capacidade de relacionamento e de enfrentamento das dificuldades na idade adulta. Os padrões saudáveis iniciados na infância trazem uma consistente base emocional para toda a vida.

EDUCANDO ATRAVÉS DO EXEMPLO (1 Tm 4.12)
Quando a Bíblia nos convida a sermos bons cristãos, ela estampa diante de nós o grande exemplo de vida de Jesus. Seus ensinos foram eficazes na formação do caráter de seus seguidores porque ele vivia aquilo que ensinava. Devido à manifestação dessas qualidades na vida dos discípulos, em Antioquia eles foram chamados, pela primeira vez, de cristãos (At 11. 26).
Muitos casais frustram-se na educação de seus filhos por causa de suas próprias incoerências. O conflito entre o que é ensinado e o que é, de fato, praticado leva os filhos a rejeitar, ainda que inconscientemente, suas técnicas educacionais. A falta de exemplo no ensinamento faz com que os pais percam a autoridade sobre seus filhos e, muitas vezes, provoca neles a ira (Ef 6. 4).
Somente as atitudes de pais fiéis, norteadas pelo Espírito Santo, podem ser base sólida, que permitam educação exemplar, influenciando a conduta de seus filhos.

EDUCANDO ATRAVÉS DO EXEMPLO (1 Tm 4.12)
Quando a Bíblia nos convida a sermos bons cristãos, ela estampa diante de nós o grande exemplo de vida de Jesus. Seus ensinos foram eficazes na formação do caráter de seus seguidores porque ele vivia aquilo que ensinava. Devido à manifestação dessas qualidades na vida dos discípulos, em Antioquia eles foram chamados, pela primeira vez, de cristãos (At 11. 26).
Muitos casais frustram-se na educação de seus filhos por causa de suas próprias incoerências. O conflito entre o que é ensinado e o que é, de fato, praticado leva os filhos a rejeitar, ainda que inconscientemente, suas técnicas educacionais. A falta de exemplo no ensinamento faz com que os pais percam a autoridade sobre seus filhos e, muitas vezes, provoca neles a ira (Ef 6. 4).
Somente as atitudes de pais fiéis, norteadas pelo Espírito Santo, podem ser base sólida, que permitam educação exemplar, influenciando a conduta de seus filhos.